Harry Potter Online Rpg


 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Victoria Hufflepuff

avatar

Mensagens : 19
Data de inscrição : 11/12/2011
Localização : Olhe para cima, para baixo, para seu lado esquerdo e direito, e procure bem, quando ver uma menina muito gata, sou eu!

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Seg Dez 12, 2011 1:39 pm

Spoiler:
 


Entrei na sala e fiquei a ouvir tudo que o professor falava, só conseguia memorizar se ouvisse a matéria, assim quando foi passada a matéria no quadro, repeti baixinho a mesma para mim, sem copiar fiquei um bom tempo esperando os outros e tentando entender a matéria, assim que consegui entender peguei a pena que estava em minha mesa e um pergaminho, abri o pergaminho e fui escrevendo o que me lembrava:

São três: Avada Kedrava, que causa morte instantânea, Imperius, que dá o completo controle sobre sua vitima fazendo uma total lavagem cerebral e Cruciatus, que inflige dores horríveis.

Avada Kedrava:
Esta é a maldição que Voldemort usou para matar os pais de Harry Potter.
É a versão aramaica de abracadabra, que significa, literalmente, "que se destrua".
Harry é o único que já sobreviveu a ela.
Tanto quando era bebê como depois de adolescente.

Imperius:
Maldição que permite a um bruxo controlador o corpo e a mente dos outros como aconteceu com Voldemort à Quirel.

Cruciatus:
Usada por Belatriz Lestrange, para fazer com que os pais de Neville Longbotton, ficassem loucos.
Sua invocação é crucio.

Depois verifiquei o trabalho, olhei varias vezes para ele e percebi que o professor estava guardando seu material, peguei rapidamente o pergaminho e ainda com a pena na mão fui um tanto apressada até a mesa do professor, acenei rapidamente com a cabeça e falei:

-Está aqui professor! Gostei de sua aula, parabéns é um ótimo professor!

Voltei a minha classe e peguei minhas coisas, dei um tchau ao professor e fui embora, pensando em minha nota.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camille Hufflepuff

avatar

Mensagens : 5
Data de inscrição : 04/11/2011
Idade : 20
Localização : Londres

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Seg Dez 12, 2011 7:17 pm


Somebody to Love
Is there somebody who still believes in love?



Estava ansiosa para iniciar as minhas aulas em Hogwarts,me apressei para a aula de Defesa Contra as Artes das Trevas,que ocorreria em breve,apressei-me os passos e me adentrei na sala.Arrumei as minhas coisas em cima da carteira,espalhando-os diante a mesa,aguardando o Docente iniciar a aula.Quando o docente adentra-se dentro da sala,dirigi-se até a mesa do professor,colocou-se os seus livros em cima da mesa fazendo com que os mesmos batem na mesa de uma maneira que todos os que antes estavam conversando,parassem.E então começo as apresentações com uma voz branda.Ele fez o mesmo discurso que normalmente os professores fazem no primeiro dia de aula,explicando as regras nas suas aulas e tal,olhava atentamente,pensando se ele poderia ser legal,ou seria daqueles professores bem chatos.Ele aponta a sua varinha em direção e o giz escreve-se o texto:
"O que são as artes das trevas?
As Artes das Trevas são também conhecidas como magia negra desde a Antiguidade, este é usado pra causar dor, sofrimento e danos nas pessoas.
Azarações: É um método eficaz de atingir alguns objetos. Este tipo de magia pode ser considerado oportuno, pois não causa danos irreversíveis aos seus oponentes.
Maldições: Um dos métodos mais eficazes de magia negra é esse, antigamente as maldições eram consideradas o tipo de magia mais poderosa e perigosa do mundo, pois sua principal função é fazer com que seus inimigos sintam dor, sofrimento, angústia ou até levá-lo a morte. É por isso que o ministério e nós decidimos não ensinar aos alunos as maldições até o 5º ano de nosso ensino. Uma forma típica de maldição oral é invocar um espírito ou ser sobrenatural, como um demônio ou deus do caos, se apoderando de um corpo. Todos sabem que é terminantemente proibido de usar maldições aqui, pois será sujeito a uma prisão perpétua em Azkaban''.O docente explicou-se que as artes das trevas são bem antigas...Como tudo na vida há dois lados,quando surgiu a magia para se fazer o bem também surgiu para fazer o mal.Algumas azarações são muito utilizadas por pessoas apenas para servir como uma pegadinha,isso é certo,mas muitas delas são usadas por tais bruxos das trevas na tentativa de obter benefícios dos sofrimento dos outros.Alguns exemplos de azarações são:
Feitiço Anti-Desaparatação
Feitiço às Avessas
Azaração de Remover Dedos
Feitiço para Engrossar os Cabelos
Azaração do Impedimento
Azaração do Cérebro de Geléia
Azaração da Perna de Geléia
Feitiço Repelente
Feitiço Esticador
Azaração do Tropeço.

Anotei tudo rapidamente,esperando render efetivos resultados,e após esse momento explicativo,ele pergunta quais seriam as maldições imperdoáveis,levanto a minha mão e respondo:
-Existem 3 maldições imperdoáveis,elas são:
Maldição Cruciatus
É a maldição da tortura. Causa enormes dores psicológicas e físicas. É um dos feitiços favoritos de Lord Voldemort e dos Comensais da Morte e, segundo Belatriz Lestrange, para o feitiço funcionar, "não basta apenas pronunciar as palavras, é preciso querer causar dor e sentir prazer com o sofrimento do seu oponente.

Maldição Imperius
Toma o controle do alvo e faz com que a vítima siga fielmente as ordens do bruxo que lançou o feitiço. Feiticeiros com grande força de vontade podem vencer essa maldição como Harry faz durante as aulas com o falso Alastor Moody em "Harry Potter e o Cálice de Fogo". A oclumência não tem qualquer influência sobre a maldição, como podemos notar quando o verdadeiro Moody é colocado sobre a influência da maldição apesar de ter grande experiência em oclumência. Esta maldição controla a vontade do amaldiçoado e não sua mente, tanto que os amaldiçoados continuam a pensar normalmente apesar de não terem controle sobre seus atos.

Maldição da Morte (Avada Kedavra)
Causa morte instantânea, sem deixar nenhum sinal. Esse feitiço produz um raio de luz verde e um som de algo batendo no alvo sem causar dor. Pode ser prevenido pelo uso do feitiço Expelliarmus, pois faz com que a Maldição ricocheteie e atinja a pessoa que lançou-a. Os médicos nem sequer conseguem detectar a causa mortis e não existe proteção contra ele, sendo que Harry Potter, protagonista da série e Voldemort, o antagonista, foram as únicas pessoas que conseguiram resistir a esse feitiço.Além disso Fênix, pássaros imortais que resurgem das suas próprias cinzas sobrevivem a esse feitiço , elas se queimam quando são atingidas por esse feitiço , como fazem quando estão velhas , depois revivem de suas cinzas. Quem utilizar a Maldição da Morte em outro ser humano recebe pena de prisão perpétua, na prisão bruxa de Azkaban. No quinto livro, Alvo Dumbledore conta mais alguns detalhes sobre a morte dos pais de Harry Potter: como sua mãe, Lílian Evans, o havia protegido com um feitiço muito antigo (o do amor), o qual Voldemort jamais conseguiria compreender para se proteger. Ela e seu marido, Tiago Potter, faleceram enquanto protegiam o filho, que sobrevive apenas com uma cicatriz em forma de raio, e lhe traz ligações de estranhas habilidades, como a ofidioglosia - capacidade de se comunicar com ofídios, cobras -, daquele que tentou matá-lo, Lord Voldemort.
Ao responder a pergunta,arrumo as minhas coisas e saio da sala



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mateus Potter Stringuer

avatar

Mensagens : 62
Data de inscrição : 14/12/2011
Idade : 21

Ficha do Bruxo
Varinha:: Bordo e pena de fênix
Posição no Time de Quadribol:
Itens:

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Qua Dez 14, 2011 10:42 am

Vou chegando para a aula de defesa contra as artes das trevas, sento em minha carteira e espero o professor chegar, ele chega e bota os livros com um pouco de força na mesa, ele me parece meio bravo mais deve ser seu gênio.. Ele faz sua explicação e ele falou isso:
__Espero que anotem.Bem...Como diz o texto,as artes das trevas são bem antigas...Como tudo na vida há dois lados,quando surgiu a magia para se fazer o bem também surgiu para fazer o mal.Algumas azarações são muito utilizadas por pessoas apenas para servir como uma pegadinha,isso é certo,mas muitas delas são usadas por tais bruxos das trevas na tentativa de obter benefícios dos sofrimento dos outros.Alguns exemplos de azarações são:
Feitiço Anti-Desaparatação
Feitiço às Avessas
Azaração de Remover Dedos
Feitiço para Engrossar os Cabelos
Azaração do Impedimento
Azaração do Cérebro de Geléia
Azaração da Perna de Geléia
Feitiço Repelente
Feitiço Esticador
Azaração do Tropeço
Coisa que vocês aprenderam mais pra frente,juntamente com as contra-azarações e contra-feitiços.Além das azarações também é usado outro método pelos bruxos das trevas,são as maldições.Alguém saberia me dizer quais são e o que são as maldições imperdoáveis?

Busquei na memoria o que eu sabia por que havia estudado isso dias atrás, então escrivi sobe cada uma:
___Maldição Cruciatus

Maldição Cruciatus
Pronúncia: CRÚ-ci-o
Descrição: É a maldição da tortura. Causa enormes dores psicológicas e físicas. É um dos feitiços favoritos de Lord Voldemort e dos Comensais da Morte e, segundo Belatriz Lestrange, para o feitiço funcionar, "não basta apenas pronunciar as palavras, é preciso querer causar dor e sentir prazer com o sofrimento do seu oponente."
Visto/Mencionado: Foi visto primeiramente em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava transformado por meio da poção polissuco no ex-auror Alastor Moody, usa a maldição em uma aranha durante a aula de Defesa Contra as Artes das Trevas. Depois é revelado que Bartô Crouch Jr. e Belatriz Lestrange (Bellatrix, na versão inglesa) foram enviados para Azkaban, por terem usado esta maldição em Frank e Alice Longbottom, pais de Neville Longbottom, até a insanidade. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry usa tal maldição em Bellatrix Lestrange após ela ter matado seu padrinho Sirius Black. No livro Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Harry torna a usar essa maldição, mas Snape diz que ele é incapaz de fazer o uso correto de tal feitiço. Também em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy tenta usar contra Harry quando lutam no banheiro feminino, mas não termina o feitiço.
Etimologia: Latim cruxi= sofrimento; atus= ato; "ato de sofrimento; sofrimento em ato".
Mas Harry aprende como usá-lo no sétimo livro, quando Amico Carrow cospe no rosto da professora Minerva McGonagall, em Hogwarts,e Draco Malfoy usou junto a Voldemort em um comensal da morte,chamado Thorfinn Rowle, pela falha na missão de capturar Harry e seus amigos.
É mencionado no sétimo livro que Aberforth Dumbledore foi atingido por Grindelwald com essa maldição.
[editar]Maldição Imperius

Maldição Imperius
Pronúncia: im-PE-ri-o
Descrição: Toma o controle do alvo e faz com que a vítima siga fielmente as ordens do bruxo que lançou o feitiço. Feiticeiros com grande força de vontade podem vencer essa maldição como Harry faz durante as aulas com o falso Alastor Moody em "Harry Potter e o Cálice de Fogo". A oclumência não tem qualquer influência sobre a maldição, como podemos notar quando o verdadeiro Moody é colocado sobre a influência da maldição apesar de ter grande experiência em oclumência. Esta maldição controla a vontade do amaldiçoado e não sua mente, tanto que os amaldiçoados continuam a pensar normalmente apesar de não terem controle sobre seus atos.
Visto/Mencionado: Diversos locais. Visto em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava disfarçado de o ex-Auror Olho-Tonto Moody, usa contra uma aranha em uma aula de Defesa Contra a Arte das Trevas.Também visto em Harry Potter e as Relíquias da Morte quando Harry Potter utiliza esta maldição em um duende na recepção de Gringotes ,e depois usada por Rony Weasley dentro do banco após passarem pela Queda do Ladrão,no mesmo duende.
Etimologia: A palavra Imperius vem de Império, que por sua vez vem do latim Imperium, que significa autoridade, ordem.
Foi muito usada no tempo em que Lord Voldemort era poderoso, criando dificuldades para que o Ministério da Magia separasse os reais seguidores de Voldermort dos enfeitiçados. Muitos dos Comensais da Morte disseram-se enfeitiçados pela Maldição Imperius para escapar de Azkaban após a queda de seu mestre.Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy infeitiça Madame Rosmerta em Hogsmeade.

Através de treino é possível resistir a essa maldição. Harry Potter é um dos bruxos capazes de resistir completamente, tendo sido treinado para isso durante as aulas com o falso Alastor Moody (na verdade, Bartô Crouch Jr.), no quarto livro.
[editar]Maldição da morte

Maldição da Morte (Avada Kedavra)
Pronúncia: a-VA-da Ke-DA-vra
Descrição: Causa morte instantânea, sem deixar nenhum sinal. Esse feitiço produz um raio de luz verde e um som de algo batendo no alvo sem causar dor. Pode ser prevenido pelo uso do feitiço Expelliarmus, pois faz com que a Maldição ricocheteie e atinja a pessoa que lançou-a. Os médicos nem sequer conseguem detectar a causa mortis e não existe proteção contra ele, sendo que Harry Potter, protagonista da série e Voldemort, o antagonista, foram as únicas pessoas que conseguiram resistir a esse feitiço.Além disso Fênix, pássaros imortais que resurgem das suas próprias cinzas sobrevivem a esse feitiço , elas se queimam quando são atingidas por esse feitiço , como fazem quando estão velhas , depois revivem de suas cinzas. Quem utilizar a Maldição da Morte em outro ser humano recebe pena de prisão perpétua, na prisão bruxa de Azkaban. No quinto livro, Alvo Dumbledore conta mais alguns detalhes sobre a morte dos pais de Harry Potter: como sua mãe, Lílian Evans, o havia protegido com um feitiço muito antigo (o do amor), o qual Voldemort jamais conseguiria compreender para se proteger. Ela e seu marido, Tiago Potter, faleceram enquanto protegiam o filho, que sobrevive apenas com uma cicatriz em forma de raio, e lhe traz ligações de estranhas habilidades, como a ofidioglosia - capacidade de se comunicar com ofídios, cobras -, daquele que tentou matá-lo, Lord Voldemort.

Ao ouvir o sinal arrumo minhas coisas e saio da classe.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gina Weasley

avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 14/12/2011
Idade : 22

Ficha do Bruxo
Varinha:: Pilritero e Escamas de Dragão, 25 cm e Flexiviel
Posição no Time de Quadribol:
Itens:

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Qua Dez 14, 2011 6:42 pm


Entrei na sala e fiquei a ouvir tudo que o professor falava, só conseguia memorizar se ouvisse a matéria, assim quando foi passada a matéria no quadro, repeti baixinho a mesma para mim, sem copiar fiquei um bom tempo esperando os outros e tentando entender a matéria, assim que consegui entender peguei a pena que estava em minha mesa e um pergaminho, abri o pergaminho e fui escrevendo o que me lembrava:___Maldição Cruciatus

Maldição Cruciatus
Pronúncia: CRÚ-ci-o
Descrição: É a maldição da tortura. Causa enormes dores psicológicas e físicas. É um dos feitiços favoritos de Lord Voldemort e dos Comensais da Morte e, segundo Belatriz Lestrange, para o feitiço funcionar, "não basta apenas pronunciar as palavras, é preciso querer causar dor e sentir prazer com o sofrimento do seu oponente."
Visto/Mencionado: Foi visto primeiramente em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava transformado por meio da poção polissuco no ex-auror Alastor Moody, usa a maldição em uma aranha durante a aula de Defesa Contra as Artes das Trevas. Depois é revelado que Bartô Crouch Jr. e Belatriz Lestrange (Bellatrix, na versão inglesa) foram enviados para Azkaban, por terem usado esta maldição em Frank e Alice Longbottom, pais de Neville Longbottom, até a insanidade. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry usa tal maldição em Bellatrix Lestrange após ela ter matado seu padrinho Sirius Black. No livro Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Harry torna a usar essa maldição, mas Snape diz que ele é incapaz de fazer o uso correto de tal feitiço. Também em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy tenta usar contra Harry quando lutam no banheiro feminino, mas não termina o feitiço.
Etimologia: Latim cruxi= sofrimento; atus= ato; "ato de sofrimento; sofrimento em ato".
Mas Harry aprende como usá-lo no sétimo livro, quando Amico Carrow cospe no rosto da professora Minerva McGonagall, em Hogwarts,e Draco Malfoy usou junto a Voldemort em um comensal da morte,chamado Thorfinn Rowle, pela falha na missão de capturar Harry e seus amigos.
É mencionado no sétimo livro que Aberforth Dumbledore foi atingido por Grindelwald com essa maldição.
[]Maldição Imperius

Maldição Imperius
Pronúncia: im-PE-ri-o
Descrição: Toma o controle do alvo e faz com que a vítima siga fielmente as ordens do bruxo que lançou o feitiço. Feiticeiros com grande força de vontade podem vencer essa maldição como Harry faz durante as aulas com o falso Alastor Moody em "Harry Potter e o Cálice de Fogo". A oclumência não tem qualquer influência sobre a maldição, como podemos notar quando o verdadeiro Moody é colocado sobre a influência da maldição apesar de ter grande experiência em oclumência. Esta maldição controla a vontade do amaldiçoado e não sua mente, tanto que os amaldiçoados continuam a pensar normalmente apesar de não terem controle sobre seus atos.
Visto/Mencionado: Diversos locais. Visto em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava disfarçado de o ex-Auror Olho-Tonto Moody, usa contra uma aranha em uma aula de Defesa Contra a Arte das Trevas.Também visto em Harry Potter e as Relíquias da Morte quando Harry Potter utiliza esta maldição em um duende na recepção de Gringotes ,e depois usada por Rony Weasley dentro do banco após passarem pela Queda do Ladrão,no mesmo duende.
Etimologia: A palavra Imperius vem de Império, que por sua vez vem do latim Imperium, que significa autoridade, ordem.
Foi muito usada no tempo em que Lord Voldemort era poderoso, criando dificuldades para que o Ministério da Magia separasse os reais seguidores de Voldermort dos enfeitiçados. Muitos dos Comensais da Morte disseram-se enfeitiçados pela Maldição Imperius para escapar de Azkaban após a queda de seu mestre.Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy infeitiça Madame Rosmerta em Hogsmeade.

Através de treino é possível resistir a essa maldição. Harry Potter é um dos bruxos capazes de resistir completamente, tendo sido treinado para isso durante as aulas com o falso Alastor Moody (na verdade, Bartô Crouch Jr.), no quarto livro.
[]Maldição da morte

Maldição da Morte (Avada Kedavra)
Pronúncia: a-VA-da Ke-DA-vra
Descrição: Causa morte instantânea, sem deixar nenhum sinal. Esse feitiço produz um raio de luz verde e um som de algo batendo no alvo sem causar dor. Pode ser prevenido pelo uso do feitiço Expelliarmus, pois faz com que a Maldição ricocheteie e atinja a pessoa que lançou-a. Os médicos nem sequer conseguem detectar a causa mortis e não existe proteção contra ele, sendo que Harry Potter, protagonista da série e Voldemort, o antagonista, foram as únicas pessoas que conseguiram resistir a esse feitiço.Além disso Fênix, pássaros imortais que resurgem das suas próprias cinzas sobrevivem a esse feitiço , elas se queimam quando são atingidas por esse feitiço , como fazem quando estão velhas , depois revivem de suas cinzas. Quem utilizar a Maldição da Morte em outro ser humano recebe pena de prisão perpétua, na prisão bruxa de Azkaban. No quinto livro, Alvo Dumbledore conta mais alguns detalhes sobre a morte dos pais de Harry Potter: como sua mãe, Lílian Evans, o havia protegido com um feitiço muito antigo (o do amor), o qual Voldemort jamais conseguiria compreender para se proteger. Ela e seu marido, Tiago Potter, faleceram enquanto protegiam o filho, que sobrevive apenas com uma cicatriz em forma de raio, e lhe traz ligações de estranhas habilidades, como a ofidioglosia - capacidade de se comunicar com ofídios, cobras -, daquele que tentou matá-lo, Lord Voldemort.
Assim que eu termino de copiar tudo vou ate o professor, assim eu digo:
-Amei a aula, espero que eu tenha me saido beinhe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Diretor Sky Lehrram
Diretor
Diretor
avatar

Mensagens : 241
Data de inscrição : 27/07/2011

Ficha do Bruxo
Varinha:: Varinha das Varinhas
Posição no Time de Quadribol:
Itens:

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Sex Dez 16, 2011 12:44 pm

3 pontos grifinória, 2 pontos corvinal, 4 pontos lufa-lufa (Juntando Os dois Alunos(a) da lufa lufa, camila e Victoria.)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://harrypotteronlinerpg.criarforum.com
Eric C. Lehrram
Grifinória
Grifinória
avatar

Mensagens : 58
Data de inscrição : 07/12/2011

Ficha do Bruxo
Varinha:: Teixo com pena de fênix
Posição no Time de Quadribol: Goleiro
Itens:

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Sex Dez 16, 2011 1:15 pm


Entrei na sala e fiquei a ouvir tudo que o professor falava, sempre gostei de DCAT assim quando foi passada a matéria no quadro, repeti baixinho a mesma para mim, Copiando sempre fiquei um bom tempo esperando os outros e tentando entender a matéria, assim que consegui entender estava terminando de copiar depois de copiar, li e reli assim que tinha certeza que estava boa tinha copiado umas 10 vezes a materia ao lado da minha messa tinha 9 pergaminhos amassados
pergaminho:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Diretor Sky Lehrram
Diretor
Diretor
avatar

Mensagens : 241
Data de inscrição : 27/07/2011

Ficha do Bruxo
Varinha:: Varinha das Varinhas
Posição no Time de Quadribol:
Itens:

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Sex Dez 16, 2011 1:16 pm

3 pontos para grifinória.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://harrypotteronlinerpg.criarforum.com
Skyle Ravenclaw

avatar

Mensagens : 125
Data de inscrição : 11/12/2011

Ficha do Bruxo
Varinha:: Teixo com pena de fênix
Posição no Time de Quadribol:
Itens:

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Sab Dez 17, 2011 7:54 am

Estava andando por Hogwarts quando vejo Crabbe e Goyle batendo em 1 menino da Corvinal , vou rápido ajudar o mesmo e falo:
-Crabbe, Goyle larguem eles, os dois ver que sou mais alto e forte que eles e diz:
-Não, somos 2 e você 1, então cai fora corvino.
Então pego a varinha e falo:
-Vingardium Leviosa, começo a levantar uma pedra e a jogo em direção a Goyle, o mesmo cai e eu parto para porrada no Crabbe, deixo os dois desmaiar e falo com o menino que estava apanhando:
-Pronto, não tenha medo, sou da corvinal também, pode ir correndo para o salão comunal. Então eu vou e falo:
-Accio Firebolt.
Então espero a Firebolt chegar e fico pensando como vai ser a aula de defesa contra a arte das trevas, vejo a firebolt chegando muito depressa, e então eu pulo nela e falo:
Uhuuuuuul, isso é demaiiiis.
Chego na aula de defesa contra a arte das trevas e mando a vassoura volta com um simples feitiços:
Depulso Firebolt
o professor me ver e diz:
Atrasado, pois bem sente no seu lugar.
sento e vejo que o professor fala:
Professor:
 
Copio tudo rapidamente e então começo a fazer a atividade:
Maldição Cruciatos
Pronúncia: CRÚ-ci-o
Descrição: É a maldição da tortura. Causa enormes dores psicológicas e físicas. É um dos feitiços favoritos de Lord Voldemort e dos Comensais da Morte e, segundo Belatriz Lestrange, para o feitiço funcionar, "não basta apenas pronunciar as palavras, é preciso querer causar dor e sentir prazer com o sofrimento do seu oponente."
Visto/Mencionado: Foi visto primeiramente em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava transformado por meio da poção polissuco no ex-auror Alastor Moody, usa a maldição em uma aranha durante a aula de Defesa Contra as Artes das Trevas. Depois é revelado que Bartô Crouch Jr. e Belatriz Lestrange (Bellatrix, na versão inglesa) foram enviados para Azkaban, por terem usado esta maldição em Frank e Alice Longbottom, pais de Neville Longbottom, até a insanidade. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry usa tal maldição em Bellatrix Lestrange após ela ter matado seu padrinho Sirius Black. No livro Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Harry torna a usar essa maldição, mas Snape diz que ele é incapaz de fazer o uso correto de tal feitiço. Também em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy tenta usar contra Harry quando lutam no banheiro feminino, mas não termina o feitiço.
Etimologia: Latim cruxi= sofrimento; atus= ato; "ato de sofrimento; sofrimento em ato".
Mas Harry aprende como usá-lo no sétimo livro, quando Amico Carrow cospe no rosto da professora Minerva McGonagall, em Hogwarts,e Draco Malfoy usou junto a Voldemort em um comensal da morte,chamado Thorfinn Rowle, pela falha na missão de capturar Harry e seus amigos.
É mencionado no sétimo livro que Aberforth Dumbledore foi atingido por Grindelwald com essa maldição.
[]Maldição Imperius

Maldição Imperius
Pronúncia: im-PE-ri-o
Descrição: Toma o controle do alvo e faz com que a vítima siga fielmente as ordens do bruxo que lançou o feitiço. Feiticeiros com grande força de vontade podem vencer essa maldição como Harry faz durante as aulas com o falso Alastor Moody em "Harry Potter e o Cálice de Fogo". A oclumência não tem qualquer influência sobre a maldição, como podemos notar quando o verdadeiro Moody é colocado sobre a influência da maldição apesar de ter grande experiência em oclumência. Esta maldição controla a vontade do amaldiçoado e não sua mente, tanto que os amaldiçoados continuam a pensar normalmente apesar de não terem controle sobre seus atos.
Visto/Mencionado: Diversos locais. Visto em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava disfarçado de o ex-Auror Olho-Tonto Moody, usa contra uma aranha em uma aula de Defesa Contra a Arte das Trevas.Também visto em Harry Potter e as Relíquias da Morte quando Harry Potter utiliza esta maldição em um duende na recepção de Gringotes ,e depois usada por Rony Weasley dentro do banco após passarem pela Queda do Ladrão,no mesmo duende.
Etimologia: A palavra Imperius vem de Império, que por sua vez vem do latim Imperium, que significa autoridade, ordem.
Foi muito usada no tempo em que Lord Voldemort era poderoso, criando dificuldades para que o Ministério da Magia separasse os reais seguidores de Voldermort dos enfeitiçados. Muitos dos Comensais da Morte disseram-se enfeitiçados pela Maldição Imperius para escapar de Azkaban após a queda de seu mestre.Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy infeitiça Madame Rosmerta em Hogsmeade.

Através de treino é possível resistir a essa maldição. Harry Potter é um dos bruxos capazes de resistir completamente, tendo sido treinado para isso durante as aulas com o falso Alastor Moody (na verdade, Bartô Crouch Jr.), no quarto livro.
[]Maldição da morte

Maldição da Morte (Avada Kedavra)
Pronúncia: a-VA-da Ke-DA-vra
Descrição: Causa morte instantânea, sem deixar nenhum sinal. Esse feitiço produz um raio de luz verde e um som de algo batendo no alvo sem causar dor. Pode ser prevenido pelo uso do feitiço Expelliarmus, pois faz com que a Maldição ricocheteie e atinja a pessoa que lançou-a. Os médicos nem sequer conseguem detectar a causa mortis e não existe proteção contra ele, sendo que Harry Potter, protagonista da série e Voldemort, o antagonista, foram as únicas pessoas que conseguiram resistir a esse feitiço.Além disso Fênix, pássaros imortais que resurgem das suas próprias cinzas sobrevivem a esse feitiço , elas se queimam quando são atingidas por esse feitiço , como fazem quando estão velhas , depois revivem de suas cinzas. Quem utilizar a Maldição da Morte em outro ser humano recebe pena de prisão perpétua, na prisão bruxa de Azkaban. No quinto livro, Alvo Dumbledore conta mais alguns detalhes sobre a morte dos pais de Harry Potter: como sua mãe, Lílian Evans, o havia protegido com um feitiço muito antigo (o do amor), o qual Voldemort jamais conseguiria compreender para se proteger. Ela e seu marido, Tiago Potter, faleceram enquanto protegiam o filho, que sobrevive apenas com uma cicatriz em forma de raio, e lhe traz ligações de estranhas habilidades, como a ofidioglosia - capacidade de se comunicar com ofídios, cobras -, daquele que tentou matá-lo, Lord Voldemort.
Assim que eu termino de copiar tudo vou ate o professor, assim eu digo:
-Amei a aula, espero que eu tenha me saido beinhe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Diretor Sky Lehrram
Diretor
Diretor
avatar

Mensagens : 241
Data de inscrição : 27/07/2011

Ficha do Bruxo
Varinha:: Varinha das Varinhas
Posição no Time de Quadribol:
Itens:

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Seg Dez 19, 2011 7:34 am

Muito Bem, 4 Pontos para Corvinal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://harrypotteronlinerpg.criarforum.com
Luiz Gonçalves



Mensagens : 19
Data de inscrição : 20/07/2012

MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   Sex Jul 20, 2012 11:19 pm

Entrei na sala de aula ,aguardando a entrada do professor .
Rapidamente o professor entra na sala e escreve no quadro
O que são as artes das trevas?
As Artes das Trevas são também conhecidas como magia negra desde a Antiguidade, este é usado pra causar dor, sofrimento e danos nas pessoas.
Azarações: É um método eficaz de atingir alguns objetos. Este tipo de magia pode ser considerado oportuno, pois não causa danos irreversíveis aos seus oponentes.
Maldições: Um dos métodos mais eficazes de magia negra é esse, antigamente as maldições eram consideradas o tipo de magia mais poderosa e periosa do mundo, pois sua principal função é fazer com que seus inimigos sintam dor, sofrimento, angústia ou até levá-lo a morte. É por isso que o ministério e nós decidimos não ensinar aos alunos as maldições até o 5º ano de nosso ensino. Uma forma típica de maldição oral é invocar um espírito ou ser sobrenatural, como um demônio ou deus do caos, se apoderando de um corpo. Todos sabem que é terminantemente proibido de usar maldições aqui, pois será sujeito a uma prisão perpétua em Azkaban. "

Continua falando .

-Espero que anotem.Bem...Como diz o texto,as artes das trevas são bem antigas...Como tudo na vida há dois lados,quando surgiu a magia para se fazer o bem também surgiu para fazer o mal.Algumas azarações são muito utilizadas por pessoas apenas para servir como uma pegadinha,isso é certo,mas muitas delas são usadas por tais bruxos das trevas na tentativa de obter benefícios dos sofrimento dos outros.Alguns exemplos de azarações são:
Feitiço Anti-Desaparatação
Feitiço às Avessas
Azaração de Remover Dedos
Feitiço para Engrossar os Cabelos
Azaração do Impedimento
Azaração do Cérebro de Geléia
Azaração da Perna de Geléia
Feitiço Repelente
Feitiço Esticador
Azaração do Tropeço
Coisa que vocês aprenderam mais pra frente,juntamente com as contra-azarações e contra-feitiços.Além das azarações também é usado outro método pelos bruxos das trevas,são as maldições.Alguém saberia me dizer quais são e o que são as maldições imperdoáveis?

1 - Forma verbal: Crucio.
Descrição: É a maldição da tortura. Causa enormes dores psicológicas e físicas. É um dos feitiços favoritos de Lord Voldemort e dos Comensais da Morte e, segundo Belatriz Lestrange, para o feitiço funcionar, "não basta apenas pronunciar as palavras, é preciso querer causar dor e sentir prazer com o sofrimento do seu oponente."
Visto/mencionado em: Foi visto primeiramente em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava transformado por meio da poção polissuco no ex-auror Alastor Moody, usa a maldição em uma aranha durante a aula de Defesa Contra as Artes das Trevas. Depois é revelado que Bartô Crouch Jr. e Belatriz Lestrange (Bellatrix, na versão inglesa) foram enviados para Azkaban, por terem usado esta maldição em Frank e Alice Longbottom, pais de Neville Longbottom, até a insanidade. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry usa tal maldição em Bellatrix Lestrange após ela ter matado seu padrinho Sirius Black. No livro Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Harry torna a usar essa maldição, mas Snape diz que ele é incapaz de fazer o uso correto de tal feitiço. Também em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy tenta usar contra Harry quando lutam no banheiro feminino, mas não termina o feitiço.
Mas Harry aprende como usá-lo no sétimo livro, quando Amico Carrow cospe no rosto da professora Minerva McGonagall, em Hogwarts,e Draco Malfoy usou junto a Voldemort em um comensal da morte,chamado Thorfinn Rowle, pela falha na missão de capturar Harry e seus amigos.
É mencionado no sétimo livro que Aberforth Dumbledore foi atingido por Grindelwald com essa maldição.

2 -Maldição Imperius

Forma verbal: Imperio.
Descrição: Toma o controle do alvo e faz com que a vítima siga fielmente as ordens do bruxo que lançou o feitiço. Feiticeiros com grande força de vontade podem vencer essa maldição como Harry faz durante as aulas com o falso Alastor Moody em "Harry Potter e o Cálice de Fogo". A oclumência não tem qualquer influência sobre a maldição, como podemos notar quando o verdadeiro Moody é colocado sobre a influência da maldição apesar de ter grande experiência em oclumência. Esta maldição controla a vontade do amaldiçoado e não sua mente, tanto que os amaldiçoados continuam a pensar normalmente apesar de não terem controle sobre seus atos.
Visto/mencionado: Diversos locais. Visto em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava disfarçado de o ex-Auror Olho-Tonto Moody, usa contra uma aranha em uma aula de Defesa Contra a Arte das Trevas. No mesmo filme, a maldição é usada por Lord Voldemort em Harry Potter, isso para obrigar Harry usar os bons modos de um duelo contra Voldermort. Também visto em Harry Potter e as Relíquias da Morte quando Harry Potter utiliza esta maldição em um duende na recepção de Gringotes ,e depois usada por Rony Weasley dentro do banco após passarem pela Queda do Ladrão,no mesmo duende.
Foi muito usada no tempo em que Lord Voldemort era poderoso, criando dificuldades para que o Ministério da Magia separasse os reais seguidores de Voldermort dos enfeitiçados. Muitos dos Comensais da Morte disseram-se enfeitiçados pela Maldição Imperius para escapar de Azkaban após a queda de seu mestre.Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy infeitiça Madame Rosmerta em Hogsmeade.
Através de treino é possível resistir a essa maldição. Harry Potter é um dos bruxos capazes de resistir completamente, tendo sido treinado para isso durante as aulas com o falso Alastor Moody (na verdade, Bartô Crouch Jr.), no quarto livro.

3-Maldição da Morte

Forma verbal: Avada Kedavra.
Descrição: Causa morte instantânea, sem deixar nenhum sinal. Esse feitiço produz um raio de luz verde e um som de algo batendo no alvo sem causar dor. Os médicos nem sequer conseguem detectar a causa mortis e não existe proteção contra ele, sendo que Harry Potter, protagonista da série e Voldemort, o antagonista, foram as únicas pessoas que conseguiram resistir a esse feitiço.Além disso Fênix, pássaros imortais que resurgem das suas próprias cinzas sobrevivem a esse feitiço , elas se queimam quando são atingidas por esse feitiço , como fazem quando estão velhas , depois revivem de suas cinzas. Quem utilizar a Maldição da Morte em outro ser humano recebe pena de prisão perpétua, na prisão bruxa de Azkaban. No quinto livro, Alvo Dumbledore conta mais alguns detalhes sobre a morte dos pais de Harry Potter: como sua mãe, Lílian Evans, o havia protegido com um feitiço muito antigo (o do amor), o qual Voldemort jamais conseguiria compreender para se proteger. Ela e seu marido, Tiago Potter, faleceram enquanto protegiam o filho, que sobrevive apenas com uma cicatriz em forma de raio, e lhe traz ligações de estranhas habilidades, como a ofidioglosia - capacidade de se comunicar com ofídios, cobras -, daquele que tentou matá-lo, Lord Voldemort.
Visto/mencionado:: Em Harry Potter e as Relíquias da Morte é usado muitas vezes na Batalha em Hogwarts. Todos a quem esta maldição é dirigida morrem. Só é conhecido um sobrevivente: Harry Potter. No filme de Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2, é mostrado alguns dos personagens se defendendo do feitiço.
Em Harry Potter e a Câmara Secreta (possivelmente, somente no filme):
Por Lucio Malfoy, quando tenta matar Harry, mas é impedido por Dobby. Ele diz somente "Avada...", logo o feitiço mais possível é "Avada Kedavra". Também quando Voldemort mata Lilian e Tiago Potter.
Em Harry Potter e o Cálice de Fogo:
Por Lord Voldemort, quando ele mata um jardineiro trouxa e quando confronta com Harry numa ligação de varinhas.
Por Pedro Pettigrew, quando mata Cedrico Diggory por ordem de Voldemort.
Por Bartolomeu Crouch Jr., em forma de Alastor Moody, como demonstração do feitiço matando uma aranha.
Em Harry Potter e a Ordem da Fênix:
Por Bellatrix Lestrange, quando mata Sirius Black.
Por Lord Voldemort em Alvo Dumbledore que revida com Expelliarmus
Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe:
Por Bellatrix Lestrange, quando mata uma raposa por engano, em frente à casa de Severo Snape.
Por Severo Snape, quando mata Alvo Dumbledore.
Em Harry Potter e as Relíquias da Morte:
Por Lord Voldemort, quando mata uma professora de Hogwarts na mansão dos Malfoy.
Por Lord Voldemort, quando mata Alastor Moody.
Por um Comensal da Morte, quando mata a coruja Edwiges.
Por Vincente Crabbe, quando tenta acertar Hermione Granger na Sala Precisa de Hogwarts.
Por Lord Voldemort, quando tenta matar Harry Potter. Entretanto, ele não sabia que parte da alma do próprio Voldemort estava aprisionada no Harry.
Por Vicente Crabbe, quando tenta matar Rony Weasley na Batalha de Hogwarts.
Por Antonio Dolohov, quando mata Remo Lupin na Batalha de Hogwarts.
Por Lord Voldemort, na batalha final contra Harry. O feitiço volta para Lord Voldemort, que acaba morto.
Por Bellatrix Lestrange, na Batalha Final, quando mata Ninfadora Tonks.
Por Rony Weasley, na Batalha Final, quando tenta matar Nagini, sem sucesso.
Por Bellatrix Lestrange, na Batalha Final, quando tenta matar Gina Weasley, sem sucesso.
Por Molly Weasley, que tenta várias vezes matar Bellatrix, quando esta última tentou matar sua filha, porém Bellatrix usou o Protego, defendendo-se todas as vezes. Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2.
Etimologia: a palavra aramaica Avada significa "Eu destruo/mato". Considerando que Kedavra significa "como eu falo", logo fica "Eu mato quando falo".
A seguir, são palavras ditas pela própria J. K. Rowling quando estava em um festival de livros em 2004 e deu a explicação sobre o significado de alguns nomes, entre eles Avada Kedavra:
"É um antigo feitiço em aramaico, e é o original de Abracadabra, que significa 'deixe a coisa ser destruída'. Originalmente era usado para curar doenças, matar doenças. Troquei a 'coisa' doença, mas decidi torná-lo a 'coisa' na pessoa que está na minha frente."
Nota: No filme Harry Potter e a Ordem da Fênix, Bellatrix Lestrange usa essa maldição em Sirius Black, com sucesso, mas apenas no filme. Quanto ao livro ele é atingido por um feitiço desconhecido, possivelmente um Feitiço Estuporante, pois no livro não é citado o feitiço. Podendo então assumir que Sirius morreu ao atravessar o véu.
Nota 2: Quando um animal é transformado em Horcrux(propositadamente),recebe proteção contra quase todos os feitiços, isso inclui o Avada Kedavra, como é demonstrado em Harry Potter e as Relíquias da Morte, quando Rony tenta usar a maldição em Nagini, sem sucesso(outros feitiços também não funcionaram).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: 1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
1ª Aula de Defesa Contra As Artes Das Trevas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Hogwarts School Online (HSO)
» 1º Aula de Script - Colocar um aviso ao iniciar o jogo
» Video Aula #1 Rgss2 script
» Aulas de Pixel Art do Leonardo - Aula 1 - Criação de chars - Cabelo
» #01 Aula Sonoplasta Basico.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Harry Potter Online Rpg  :: Lixeira :: Lixo-
Ir para: